X
GO

Verdades e mentiras sobre o leite

Verdades e mentiras sobre o leite

Fala-se muito dos benefícios e malefícios do leite. Actualmente há vozes que sugerem que o consumo de grande parte do leite disponível nos supermercados é prejudicial para a saúde.

Algumas das verdade e mentiras mais comuns sobre o consumo de leite e lacticínios:

O leite de vaca prejudica a saúde.

Verdade. A maior parte do leite disponível no mercado hoje em dia pode prejudicar a saúde. O leite de vaca industrializado proveniente de vacas alimentadas com hormonas e produtos tratados com pesticidas é muito diferente do leite saudável que existia há décadas atrás

O que mudou? O leite ou a ciência médica?

Foi o leite que mudou. Existe uma grande diferença entre o leite puro retirado de uma vaca alimentada em pastos verdes e o leite adquirido num supermercado. O leite comercializado tem características bioquímicas, enzimáticas e nutricionais completamente diferentes que resultam quer do processo de industrialização do leite quer da alimentação da vaca.

As crianças e adolescentes devem beber leite

Verdade e mentira. Apesar de alguns malefícios, o leite é menos prejudicial que outras bebidas gaseificadas ou açucaradas, pelo que pode ser uma forma de evitar o consumo dessas bebidas. Há também leite de origem biológica que não sofreu o processo industrial que lhe retira a qualidade original e que é uma excelente fonte de cálcio, proteínas, vitaminas e minerais.

Os problemas respiratórios estão associados ao leite

Nem sempre verdade. Para além de factores hereditários, a alimentação irregular e o stress contribuem para a formação de mucosidades responsáveis por doenças respiratórias. No entanto o leite ao provocar também mucosidades é mais um factor associado a asma e alergias.

O leite previne a osteoporose

Mentira. O leite industrializado não previne a osteoporose. A pasteurização do leite destrói as enzimas. Uma delas, a fostatase, é essencial para a absorção do cálcio. Que adianta o leite conter cálcio se a sua absorção está prejudicada? Na prática, tudo se passa como se esse leite fosse pobre em cálcio. Estudos revelam que nos países em que as pessoas consomem mais produtos lácteos há maior incidência de osteoporose .

Deve-se tomar leite de origem biológica

Verdade, mas… O leite de origem biológica provem de vacas criadas em condições adequadas à raça alimentadas com produtos naturais sem modificações genéticas. Se este leite não sofrer um processo de homogeneização e industrialização desadequado é uma boa fonte de cálcio e proteínas. Mesmo assim há opções melhores para pessoas com colesterol elevado ou sensíveis à lactose.

Onde obter cálcio e proteínas?

Existem várias alternativas para obtenção do cálcio e proteínas que as pessoas habitualmente procuram no leite. Couves, feijão, peixe, leite de soja, cereais integrais, amêndoas e nozes são alimentos cuja ingestão em quantidades adequadas proporcionam o cálcio e as proteínas de que necessitamos.

Partilhar
Fale Connosco

Mais sobre Emagrecer