X
GO

Sete estratégias da Medicina Chinesa para emagrecer

Sete estratégias da Medicina Chinesa para emagrecer

Todos os anos gastam-se biliões de euros em programas de dieta e exercício. A maioria de nós luta para regular o peso centrando-se apenas na queima de calorias e de massa gorda, sem nunca perceber como funciona o nosso corpo. A peça que falta na equação da perda de peso está relacionada com a energia. Não a energia que consumimos com o alimento ou a energia que se gasta com o exercício mas sim a energia que alimenta as funções vitais do nosso corpo. Se essa energia é forte e bem equilibrada, as nossas capacidades de emagrecer e manter um peso considerado saudável são reforçadas.

A visão sobre esta peça que falta na equação da perda de peso pode ser encontrada num antigo sistema de cura denominado de Medicina Tradicional Chinesa (MTC). MTC é o sistema médico desenvolvido ao longo de milhares de anos que inclui o uso de acupunctura, ervas, dietética, actividades de movimentação e meditação. Este sistema vê a saúde como uma forma de construir e conservar energia, ou "qi" (pronuncia-se tchi​​). Quando temos uma quantidade abundante de qi este flui livremente através do corpo e órgãos internos, permitindo que o organismo funcione correctamente para manter o corpo saudável.

Na opinião da Medicina Tradicional Chinesa, a regulação do peso não está essencialmente ligada à ingestão de calorias. Trata-se de fortalecer, canalizar e sustentar o qi. Isto fará com que o metabolismo aumente e proporcionará uma sensação revigorante de bem-estar. Se o qi no sistema digestivo é forte o corpo será capaz de transformar de forma ideal os alimentos que ingerimos em energia que poderá ser utilizada. Dois dos factores mais importantes são o stress excessivo e o sono inadequado. O stress e a privação de sono aumentam os níveis de cortisol, a hormona do stress, e leva o organismo a armazenar gordura, em vez de a queimar.

A abordagem MTC de elevar o nível de qi torna a perda de peso muito mais fácil. Quando existe mais energia e de uma forma mais estável a ânsia e impulso de comer compulsivamente diminui.

Aqui estão algumas recomendações para elevar o seu nível de energia naturalmente e tornar a perda de peso mais fácil:

Coma alimentos ricos em qi, ou energia vital
  • 1: Coma alimentos ricos em qi, ou energia vital.

    Isto é alimentos saudáveis, como frutas e vegetais frescos, grãos integrais, e carne orgânica. Evite alimentos que são embalados, refinados, repletos de químicos artificiais, especialmente "alimentos diet", que muitas vezes são baixos em calorias, mas pobres em nutrição. Enfatize a qualidade, tanto quanto a quantidade (calorias).

  • 2: Não mude de regimes alimentares muitas vezes,

    especialmente se o seu "fogo digestivo" não é muito forte (o que se reflete num sentimento de moleza, inchado, ou gases depois de comer). Preste atenção em como se sente após as refeições para determinar quais os alimentos que apoiam o seu bem-estar.

  • 3: Coma devagar e com atenção plena.

    Ponha de lado algum tempo especificamente para comer, e evite distracções durante as refeições, como computadores e televisão. Ter tempo para realmente apreciar os sabores e sensações vai ajudar a sentir-se satisfeito, sem excessos, o que vai apoiar a digestão saudável.

  • 4: Viva de acordo com os ritmos naturais do seu corpo.

    Tome o pequeno-almoço bem cedo, pois segundo a Medicina Tradicional Chinesa, o melhor horário para a digestão é das 7 às 9 da manhã.
    Tenha um almoço nutritivo e coma algo leve durante o jantar que deve também ocorrer o mais cedo possível. (Os chineses comem antes das 5h)

  • 5: Vá para a cama por volta das 22:30

    Experimente a acupunctura

    para permitir que o fígado funcione correctamente na desintoxicação do corpo. O fígado limpa o sangue entre a 1 e as 3 da manhã, pelo que antes da 1 da manhã já deve estar num sono profundo, para obter todos os benefícios. O descanso suficiente é essencial para um metabolismo saudável.

  • 6: Pratique actividades saudáveis que estimulem o seu Qi

    São exemplo o Qi Gong, Tai Chi, jardinagem, yoga ou passeios na natureza. Divirta-se!
    Este tipo de exercício é especialmente importante para os pensamentos reequilibrando a energia.

  • 7: Experimente a acupunctura

    Muitas pessoas que experimentam acupunctura percebem que as agulhas colocadas nas orelhas ajudam a reduzir o desejo compulsivo de comer. Depois de uma sessão de acupunctura, as pessoas percebem , ao longo do dia, que têm menos momentos de fome incontrolável, tornam-se menos stressadas e menos propensas a envolver a comida no seu estado emocional.

Adaptado de Mind-Body-Mood Advisor: Seven Weight-Loss Strategies from Chinese Medicine de Jeffery Rossman.

Partilhar
Quer melhorar a sua saúde?

Inscreva-se para receber a nossa newsletter:

Mais sobre Emagrecer