X
GO

5 razoes surpreendentes para deixar de fumar

5 Surpreendentes razões para deixar de fumar
De Melanie Haiken, Caring.com senior editor
5 razões surpreendentes para deixar de fumar
Se lhe disser que fumar provoca cancro, aumenta o risco de ataque cardíaco e de doença pulmonar obstrutiva crónica e que reduz dez anos à sua vida, suponho que iria sorrir. De facto já ouviu tudo isso muitas vezes.
Mas e se os danos forem mais pessoais? E se eu lhe disser que fumar pode diminuir as chances de ter um bebé? Fazê-lo ter a aparência de 60 anos quando tem apenas 45? E, para os homens, sabotar as suas performances na “cama”? Quer mais ainda? Aqui vão 5 razões surpreendentes para deixar de fumar e como reverter os danos uma vez que o faça.

1ª razão: Fumar reduz a potência sexual.

Os homens que fumam têm maior dificuldade em ficar e permanecer erectos. Na verdade, um estudo publicado na Addiction Behavior demonstra que fumar apenas dois cigarros por dia pode causar erecções mais fracas. Outros estudos mostram que fumadores tem 60% mais chances de sofrerem disfunção eréctil do que não fumadores. Homens que fumam são mais propensos a darem “tiros de pólvora seca” e, com o tempo, o órgão masculino encolhe

Como o tabaco prejudica a virilidade: a nicotina funciona como um vasoconstritor, ontraindo os vasos sanguíneos, prejudicando o fluxo de sangue e afectando a capacidade de um homem alcançar e manter uma erecção. Ao longo do tempo, a nicotina causa danos permanentes nas artérias. Experiências com animais permitiram descobrir que a nicotina diminui o tamanho dos testículos e bloqueia a produção de espermatozóides

Como parar de fumar ajuda: Depende de quanto tempo e quantos cigarros se fumaram e se existem ou não danos permanentes nas artérias. No entanto há relatos médicos que afirmam que muitos homens que pararam de fumar notaram uma melhoria imediata na força e duração das suas erecções. A boa notícia é que, com o tempo, alguns problemas do sistema vascular desparecem. Quanto mais cedo parar de fumar, menos danos a longo prazo provoca nas artérias e no fluxo sanguíneo para as partes vitais.

 2ª razão: Fumar fá-lo perder os dentes.    

Sim, os fumadores têm dentes amarelados, mas isso não é surpresa. O factor surpreendente surge quando fala com dentistas e descobre que os fumadores são duas vezes mais propensos a perder os dentes do que os não-fumadores. A razão? Doença nas gengivas. De acordo com um estudo, grandes fumadores são 6 vezes mais propensos a ter uma doença periodontal do que os não fumadores. E tratamentos regulares não mitigam o problema. Outro estudo revela que mesmo depois de 5 anos de tratamentos periodontais os fumadores perdem dentes duas vezes mais do que os não fumadores 
   
Como é que o tabaco prejudica as gengivas e os dentes: O tecido periodontal, que inclui a gengiva e o osso, mantem os dentes no lugar e fornece o oxigénio e a nutrientes necessários para sustentar o dente vivo. Ao reduzir o fluxo sanguíneo, o tabaco retira ao tecido periodontal o oxigénio e nutrientes, fazendo com que envelheça prematuramente. Fumar também inibe a capacidade do organismo combater a infecção de bactérias que ocorrem naturalmente na boca, provocando inflamações crónicas. Com o tempo o osso desgasta-se e os dentes soltam-se e caem.

Como parar de fumar ajuda: Especialistas dizem que, alguns meses após deixar de fumar, a circulação sanguínea é restabelecida para níveis normais ou quase normais. O corpo irá recuperar a capacidade de combater infecções, incluindo doenças periodontais que causam a perda de dentes.

3ª razão: Fumar provoca seios descaídos

A sério?  Sim, a sério. No ano passado, investigadores apontaram  o tabaco como uma das principais causas de peitos flácidos. Brian Rinker, cirurgião-plástico britânico, analisou 132 mulheres americanas, com cerca de 30 anos, que procuravam  tratamentos para reafirmar os seios e descobriu que não foi a amamentação que provocou os seios flácidos, mas sim o tabaco.

Como é que fumar torna o peito flácido: Fumar baixa os níveis de elastina, as fibras proteicas na pele que lhe dão firmeza e elasticidade. O fumo também prejudica a pele do peito da mesma maneira que faz no rosto, privando-o de oxigénio e nutrientes
.
Como parar de fumar ajuda: Depois de descaídos e flácidos, nada vai fazer levantar os seios sem ser uma cirurgia. Mas a pele solta que os faz ficarem mais descaídos irá melhorar rapidamente desde que deixe de fumar.
Faça este teste: puxe a pele na parte interna do braço e na lateral do peito, debaixo do braço. Olhe e veja o quanta pele flácida consegue juntar. Seis meses depois de parar de fumar, faça o mesmo teste e verá uma melhoria dramática no tom e na elasticidade da sua pele. 

4ª razão: Fumar provoca rugas e olheiras

Fumar prejudica a pele de tal forma que, recentemente, dermatologistas anunciaram que fumar provoca mais danos na pele do que a exposição solar. Fumar parece ser particularmente prejudicial para a pele delicada por baixo dos olhos e por isso os fumadores desenvolvem mais olheiras.

Como fumar danifica a pele: A nicotina estreita os vasos sanguíneos nas camadas exteriores da pele, prejudicando o fluxo de sangue. Quanto menor for o fluxo de sangue, menos oxigénio e nutrientes importantes, como a vitamina A, atingem e alimentam a pele para a manter saudável e hidratada.
Entretanto, os produtos químicos do fumo do tabaco causam danos no colagénio e elastina. Em resultado, a pele começa a ceder e as rugas aparecem prematuramente. Os mesmo produtos químicos, danificam os vasos sanguíneos à volta dos olhos e daí resultam as olheiras e ‘’bolsas’’ nos olhos.
E não é só isso: o movimento muscular de fumar nos lábios e nas bochechas também provoca rugas e é por isso que os fumadores tendem a ter rugas no lábio superior e ao redor da boca. E se, como muitos fumadores fazem, cerrar os olhos para impedir que o fumo entre, terá mais rugas na zona dos olhos.

Como parar de fumar ajuda: Estudos demonstram que poucos meses depois de deixar de fumar, o fluxo do sangue do corpo melhora e os danos nos vasos sanguíneos e artérias podem ser revertidos, pelo menos até certo ponto. Isto significa que, apesar de não puder fazer desaparecer as rugas já formadas, pode restaurar o equilíbrio de nutrientes para a pele, pelo que muito rapidamente começa a ter um olhar mais jovem e saudável. Quanto mais cedo parar de fumar, menos ‘’linhas de fumador’’ vai ter.

5ª razão: Fumar afecta a fertilidade

Se um bebé faz parte dos seus planos, largue os cigarros e peça ao seu parceiro que faça o mesmo. As mulheres que fumam demoram mais tempo a conceber, sofrem mais de infertilidade e têm taxas mais altas de gravidez ectópica e abortos, dizem os especialistas. Mulheres que fumam começam a menopausa, em média, aos 47 anos, dois anos e meio mais cedo do que as mulheres não-fumadoras, que tem a menopausa aos 49 anos e meio. Mulheres que pararam de produzir óvulos antes dos 46 anos, eram na sua maioria fumadoras.
O fumo do homem também afecta as probabilidades de terem um bebé. Estudos mostram que homens que fumam têm baixa contagem de esperma e os seus espermatozóides têm menos motilidade, ou seja, não são bons ‘’nadadores’’. Além disso, estudos mostram que o fumo passivo é quase tão prejudicial para a fertilidade de uma mulher como se ela fumasse.

Como fumar prejudica a fertilidade: Os cigarros parecem inviabilizar o processo reprodutivo a cada passo. O fumo do cigarro contém mais de 4000 produtos químicos, alguns dos quais podem causar danos nos ovários e óvulos, aumentando a probabilidade de anomalias genéticas e aborto. O tabaco provoca alterações no muco cervical, tornando mais difícil para os espermatozóides chegarem até ao óvulo. O fumo também acelera a perda de óvulos que vem com a idade e interfere com a capacidade do corpo em produzir estrogénio podendo ser essa a razão do início prematuro da menopausa.

Como parar de fumar ajuda: Estudos mostram que o nível de alterações nos ovários e nas hormonas depende directamente do número de cigarros e de há quanto tempo fuma. Parar de fumar é o mesmo que parar de danificar os óvulos, as hormonas e também interromper a antecipação da menopausa. Os efeitos benéficos acontecem rapidamente. Um estudo descobriu que parar de fumar dois meses antes de tentar a fertilização in vitro, aumentou significativamente a probabilidade de concepção.

Partilhar
Quer melhorar a sua saúde?

Inscreva-se para receber a nossa newsletter:

Mais sobre Anti Aging com a Medicina Chinesa